Inicio do conteúdo site.
O impacto da pandemia na mente: entrevista com Jorge Forbes

A busca por respostas num tempo de questionamento sobre o presente e o futuro, em virtude da transformação que a pandemia do novo Coronavírus trouxe ao mundo, nos leva a Jorge Forbes, renomado psicanalista e médico psiquiatra brasileiro.

Entrevistado do “Pensando o Brasil com Adalberto Piotto, pela TV CIEE, ele diz que a humanidade aprendeu com o vírus, o “elemento intangível do qual pouco sabemos” que questionou nossas certezas de que poderíamos estar no controle sobre todas as dificuldades.

“Fomos vigorosamente sacudidos em nossas certezas científicas, religiosas, éticas e morais.”

Para ele, a pandemia inaugura uma nova época, a interdependência de todas as pessoas. Transformamo-nos numa sociedade horizontal.

“O principal elemento dessa nova era será a horizontalização do lado social que não quer dizer que somos todos iguais. Não! Quer dizer que temos de aprender que todos somos diferentes. É o direito a ser diferente. E temos de suportar a diferença do outro.”

Numa análise dedicada ao Brasil, mais uma vez polarizado politicamente, mesmo sob a pandemia, ele diz que somos um povo que admite mais a contradição.

“Eu acredito que o brasileiro está mais pronto que outros povos a conviver com a multiplicidade de verdades que nossa era exige. Então, neste caso, eu acho que nós responderemos com menos agressividade às disparidades diante do isolamento social ou abertura da economia.”

A conversa ainda passa pelo fenômeno do revisionismo histórico, preconceito, ciência, política e políticos, sobre a qualidade do jornalismo brasileiro em momentos de tragédia social e que muita informação provoca estresse e até depressão.