Inicio do conteúdo site.
Cidadania e mobilidade: entrevista com José Police Neto, vereador por São Paulo

Na era da informação imediata, do recorde de acessos às plataformas digitais de veículos da mídia tradicional, em meio ao confinamento de pessoas pela crise de Coronavírus, da temperatura alta das redes sociais, do ser contra ou a favor de tudo buscando uma solução, o ativista de políticas públicas José Police Neto questiona a imparcialidade.

Vereador por São Paulo e ex-presidente da Câmara, ele diz:

“Ser imparcial não é não ter posição”. E vai além: “O fato de eu ser imparcial não me tira a responsabilidade de ter posição”.

Police Neto é o entrevistado de Adalberto Piotto na série “Pensando o Brasil” e fala sobre as relações do setor privado com os governos, da diferença do tempo do parlamento e da economia para as reformas estruturais, produtividade, eficiência, acessibilidade, qualidade de vida nas cidades e, sim, do ambiente político conturbado e ainda mais difícil dos tempos atuais.