Inicio do conteúdo site.

Reforma tributária: entrevista com Roberto Quiroga Mosquera, advogado tributarista

13 de julho de 2020

Que se comece a reforma tributária!

Apesar das dificuldades fiscais aumentadas pelos custos da pandemia, o que acirra ainda mais o debate, é preciso simplificar o emaranhado tributário do país, chamado recentemente pelo ministro Paulo Guedes de “manicômio tributário”.

Roberto Quiroga Mosquera, advogado tributarista, professor na Universidade de São Paulo e na Fundação Getúlio Vargas, e entrevistado do “Pensando o Brasil com Adalberto Piotto”, reconhece a dificuldade do tema, mas crê que se abriu uma janela de oportunidade com um governo e Congresso de postura reformista.

“Falar em reforma tributária é você mexer com dinheiro da União, dos Estados e Municípios. Isso faz com que haja uma grande resistência dos políticos. Mas pela primeira vez estou sentindo uma janela de oportunidade para efetivamente se fazer uma reforma tributária com grande apoio no Congresso”.

Entre polêmicas e consensos, ele diz que a simplificação é o que une todos os lados.

Mas os desafios são grandes e passam por criar uma estrutura simplificada que facilite e aumente os investimentos do setor privado, o que traria desenvolvimento econômico, e crie senso de justiça social com o país caminhando para um sistema de arrecadação progressivo, de quem recebe mais, paga mais.


Este podcast também pode ser encontrado no YouTubeSpotifyGoogle Podcasts, e muitos outros!