Inicio do conteúdo site.
Conviventes do Espaço de Cidadania de Taguatinga/DF celebram conclusão / Divulgação CIEE

Confraternização marca conclusão dos ciclos de atividades dos Espaços de Cidadania

12 de julho de 2019
De acordo com dados da Superintendência de Ação Social e Filantropia do CIEE, 649 conviventes, entre jovens e adultos, foram atendidos nos seis primeiros meses de 2019 nos Espaços

Com direito a confraternização entre conviventes, familiares e colaboradores do CIEE, a última semana de junho e a primeira de julho marcaram a conclusão dos ciclos de atividades dos Espaços de Cidadania. De acordo com dados da Superintendência de Ação Social e Filantropia, 649 conviventes, entre jovens e adultos, foram atendidos nos seis primeiros meses de 2019 nos Espaços de Taguatinga/DF, São Paulo (Grajaú e Rua Xavier de Toledo), Manaus e Araras/SP – que está transferindo as atividades para Campinas/SP.

No Espaço de Cidadania de Salvador, que iniciou suas atividades em maio, o ciclo será concluído somente em dezembro. Nos demais, os profissionais seguem atuando junto à rede socioassistencial para estabelecer parcerias visando o início do segundo ciclo de atividades, previsto para a primeira semana de agosto. 

Apoio encontrado nos Espaços de Cidadania

Para Carla Pereira Gomes dos Santos, mãe do convivente Caio, que frequenta os encontros no Espaço de Cidadania do Grajaú, o apoio encontrado no CIEE está sendo fundamental para que o filho enfrente os desafios de sua juventude. 

“Quero aqui agradecer todo desempenho, cuidado, ensinamento e desenvolvimento que tiveram para com nossos filhos. Sou grata por tudo e peço a Deus que os retribua, tenho certeza que o passar dos dias com eles não foram fáceis mas serão de muita gratidão, quando vocês se depararem com o sucesso que ajudaram nessa caminhada. Nossos filhos são os bens mais preciosos, mesmo não sendo fáceis e passando por cada fase, é a nossa maior riqueza. E ter o apoio de vocês nessa fase de vida deles foi e será fundamental. O meu muito obrigada a toda equipe”, disse.

Ações e serviços socioassistenciais gratuitos

Nos Espaços e Cidadania são oferecidas ações e serviços socioassistenciais gratuitos para o público em situação de vulnerabilidade e risco social e pessoal, com objetivo de fortalecer a convivência social, a participação cidadã, o retorno ou permanência na escola e uma formação geral para o mundo do trabalho. Entre as atividades, há também aula de português para imigrantes, oferecidas na unidade da Rua Xavier de Toledo, no Centro de São Paulo.

Encaminhamento realizado pela rede socioassistencial

As atividades são desenvolvidas a partir de cinco eixos, determinados em trabalho conjunto desenvolvido pelas Gerências de Assistência Social e de Projetos Sociais do CIEE: convivência, direitos humanos, participação social, mundo do trabalho e lazer. Também são realizadas atividades como palestras e oficinas de capoeira, práticas circenses, sustentabilidade e meio ambiente, dança, informática, teatro e planejamento financeiro, entre outros.

O público é encaminhado prioritariamente pela rede socioassistencial, em particular, pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS).