Inicio do conteúdo site.
Indígenas são acolhidos no Mato Grosso do Sul

CIEE acolhe jovens indígenas no Mato Grosso do Sul

30 de outubro de 2019
Oficinas de Cri@tividades reuniram aproximadamente 40 participantes encaminhados pela rede socioassistencial

Aproximadamente 40 jovens indígenas participaram das Oficinas de Cri@tividades do CIEE em Dourados, no Mato Grosso do Sul. A atividade foi realizada em parceria com os Centros de Referência da Assistência Social, que foi responsável por encaminhar os participantes. Todos integram o projeto Arandu Ambue, que torna possível o acesso dos jovens indígenas à educação universitária. 

No CIEE, além das oficinas, eles também participaram de uma ação de acolhida e aproveitaram para conhecer mais sobre os programas de estágio e aprendizagem oferecidos no Estado. “Mostrar aos jovens que os estudos podem levar a oportunidades ímpares de qualidade de vida e inserção social via programas de socioaprendizagem e estágio foi um dos objetivos dessa atividade”, explica a assistente social do CIEE, Janaína Batista.

O que são as Oficinas de Cri@tividades?

Desenvolvidas de maneira itinerante, as Oficinas de Cri@tividades são inspiradas no Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho – Acessuas Trabalho, e têm como objetivo propiciar debates, ressignificações e novos conhecimentos relacionados ao mundo do trabalho. Painéis temáticos tratam de assuntos do cotidiano ocupacional.

Ao todo são 10 encontros de 2 horas, em que os participantes trabalham Identidade, Conceito de Trabalho, Currículo, Entrevista e Dinâmica de Grupo, Postura Profissional, Imagem Pessoal x Profissional, Liderança e Trabalho em Equipe, Comunicação e Negociação; Condutas Éticas; Planejamento. 

Para viabilizar a realização das oficinas, o CIEE atua em parceria com prefeituras e organizações do terceiro setor.