Inicio do conteúdo site.
Jovens e representantes dos coletivos reunidos no Espaço de Cidadania do Grajaú

Espaço de Cidadania do Grajaú recebe coletivos locais

13 de setembro de 2019
Atividade fez parte do eixo temático Território e foi registrada pelo facilitador gráfico Mangraf

Buscando entender como esses grupos se organizam e o que os motiva, o Espaço de Cidadania do Grajaú, em São Paulo, SP, recebeu os coletivos  Rede Nóis por Nóis; Meninos da Billings; Identidade Oculta e Salve Selva. 

A atividade fez parte do eixo temático território, como forma de complementar as discussões coordenadas pelos orientadores do CIEE. O encontro também foi registrado pelo facilitador gráfico Mangraf que apresentou aos jovens mais uma possibilidade interessante de registrar momentos de trocas e construções. 

Rede Nóis por Nóis

Entre as experiências do dia, os conviventes aproveitaram para ter contato com a Bárbara Terra e conheceram sua história de militância, sustentada principalmente pela feira de trocas da Rede Nóis por Nóis, realizada em toda virada de estação. Para articular os empreendedores do bairro, Bárbara seguiu o exemplo da mãe, que foi uma das criadoras do já tradicional Pagode da 27, conhecido movimento de resistência cultural. 

Meninos da Billings

Entre as atividades oferecidas a jovens e crianças do entorno da represa estão aulas de música e matemática. Além disso, o coletivo Meninos da Billings também é a favor do aproveitamento da represa como um local de lazer. O grupo é parceiro da Cooperpark, única cooperativa que recicla materiais coletados no Grajaú e corre o risco de ser despejada.

Identidade Oculta

Representado por Janaína Soares, o coletivo Identidade Oculta apresentou um pouco do trabalho desenvolvido por meio de oficinas de teatro vocacional e lembrou da importância dos coletivos agirem em conjunto pelo desenvolvimento local e fortalecimento da cultura das periferias.

Salve Selva

Como forma de valorizar o potencial cultural da região e aplicar o sentido de diversidade de maneira prática, o grupo foca suas atividades nas artes visuais. Os membros do coletivo são arte-educadores que desenvolvem grafites, músicas, vídeos, estampas de camisetas, entre outras formas de se expressar. 


Tags: