Inicio do conteúdo site.
Atuação teatral no Se Liga Moçada, em evento realizado a distância

Se Liga Moçada promove conscientização dos aprendizes sobre violência contra a mulher

27 de agosto de 2021
Em agosto, foram dez webinários realizados para os jovens; eventos chegaram à marca de 77 mil visualizações

Quando o assunto é violência contra a mulher, o Brasil atualmente ocupa um triste 5º lugar no ranking mundial de Feminicídio, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH). Na lista, nosso país só fica atrás de El Salvador, Colômbia, Guatemala e Rússia em número de casos de assassinato de mulheres. Em comparação com países desenvolvidos, por aqui mata-se 48 vezes mais mulheres que o Reino Unido, 24 vezes mais que a Dinamarca e 16 vezes mais que o Japão ou a Escócia.

Com foco na conscientização dos aprendizes, o projeto Se Liga Moçada, desenvolvido pela ONG Bem Querer Mulher, busca despertar entre os jovens os perigos da cultura machista, para que compreendam o valor da igualdade e respeito entre homens e mulheres. Neste sentido, em agosto foram realizados dez webinários destinados a aprendizes do CIEE, com mais de 77 mil visualizações.

“O tema é bastante sensível, e por isso há uma preparação anterior dos instrutores e líderes de aprendizagem. Entre os pontos abordados, os encontros tratam de como a vítima deve ser tratada nos casos em que busca alguma ajuda, e também reflexões de possíveis melhorias no comportamento e atitude de possíveis agressores entre os jovens”, contou a supervisora de Capacitação do Estado de São Paulo do CIEE, Sandra Boaro.

A programação do Se Liga Moçada seguirá nos meses de setembro e novembro. Abaixo você confere como foram os encontros de agosto: