Inicio do conteúdo site.
Sarau de Cidadania, no centro da capital paulista: espaço para todas as manifestações artísticas.

Sarau no Espaço de Cidadania do CIEE: respeito à diversidade

26 de abril de 2019
Frequentadores do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos apresentam números culturais.

No dia 25/4, o Espaço de Cidadania do CIEE, no centro da capital paulista, abriu suas portas para receber o Sarau da Diversidade com apresentação de 20 números culturais protagonizados pelos conviventes. No local funciona o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do CIEE, que recebe a pessoas em situação de rua e imigrantes em busca de reinserção social. Esse é o único programa da instituição voltada à população adulta.

Poesia, dança e música

O tema do encontro foi “Gratidão” e cada artista teve liberdade para escolher a melhor forma de se expressar para a plateia. Asiya Hussein, imigrante de Gana, declamou um trecho do Alcorão enquanto a brasileira Juliana Aparecida Gonçalves Costa interpretou “Ressucita-me”, um canto de louvor gospel. Houve ainda espaço para dança e poesia, sempre respeitando a diversidade dos conviventes.

Programação cultural

Este não foi o primeiro evento do Espaço de Cidadania. Em novembro do ano passado, o CIEE promoveu o primeiro sarau. “As apresentações culturais estão integradas à filosofia do serviço: a ideia é que os conviventes se sintam valorizados por sua potencialidades, resgatando sua auto-estima”, explica Maria Nilce Mota, superintendente de Ação Social e Filantropia do CIEE.

Espaço de cidadania

O CIEE mantém, ainda, outros quatro Espaços de Cidadania: no bairro do Grajaú, periferia de São Paulo/SP; em Araras/SP; em Taguatinga/DF; e em Manaus/AM. Estes, porém, são voltados a jovens. Com encontros marcados no contra-turno escolar, eles têm no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos um porto-seguro para desenvolver seu protagonismo social, auto-estima e identidade.