Projeto pioneiro forma aprendizes em unidade de internação no MS

9 de novembro de 2018
Solenidade reuniu autoridades e familiares dos jovens / Luiz Queiroz/Divulgação CIEE
Primeira turma recebeu o certificado de conclusão do concurso de ocupações administrativas em Ponta Porã

Treze jovens aprendizes concluíram nesta quarta-feira sua formação em ocupações administrativas em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. Eles cumpriam medida socioeducativa na Unidade Educacional de Internação Mitaí (Unei) e receberam capacitação através de uma parceria entre o CIEE, o Ministério Público do Trabalho (MPT/MS), o governo do Estado e a empresa Guapós.

“Cumprimos com êxito nosso objetivo. O CIEE foi um parceiro de valor, que acreditou a todo momento. O curso apresentou aos jovens a importância da honestidade, ética e respeito. Esperamos seguir com o projeto e seguir colhendo frutos a médio e longo prazo”, disse a procuradora do Ministério Público do Trabalho, Simone Beatriz de Rezende.

Temas como cidadania, meio ambiente e relacionamento interpessoal foram trabalhados nos encontros realizados dentro da Unei. O evento reuniu familiares, autoridades e representantes de empresas locais.

“O foco do CIEE é o jovem. Essa capacitação realizada dentro de uma unidade de medidas socioeducativas prova que todos merecem uma segunda chance. Preparamos esses jovens para o mundo do trabalho e desejamos que eles tenham sucesso”, disse a supervisora do CIEE no Mato Grosso do Sul, Aline Santos.