Jovens em campanha contra a violência doméstica

13 de março de 2019
Aprendizes da capital paulista participaram de oficinas de conscientização contra a violência doméstica

Ao longo de 2018, mais de 270 jovens beneficiados pelo programa Aprendiz Legal em São Paulo participaram de oficinas de sensibilização contra a violência doméstica. A iniciativa “Se liga moçada” foi realizada pelo CIEE em parceria com o Instituto para o Desenvolvimento Sustentável (Indes), a Rede Conhecimento Social e Bem Querer Mulher.

Impacto social

O resultado desses encontros foi compilado em vídeo e divulgado em março, o Mês da Mulher. Nele, palestrantes, instrutores e assistentes sociais repassam a metodologia das oficinas, enquanto impactantes cartazes produzidos pelos aprendizes ilustram casos reais de opressão e dão voz a quem quer virar o jogo.

“Todos os dias…”

Em uma das mais expressivas manifestações, uma jovem artista pinta um coração preso em gaiola e alerta: “Todos os dias, milhares de mulheres são agredidas  e mortas não apenas em incidentes, assaltos ou desastres, mas sim por aqueles que elas escolheram amar”.

Aprendizado profissional

Além da preparação para o mundo do trabalho, o Aprendiz Legal desperta nos jovens noções de cidadania e protagonismo social. Ações voltadas à violência doméstica serão ampliadas em 2019.