Inicio do conteúdo site.
Composição de livros abertos

Happy Hour dos autores aproxima literatura da juventude

2 de dezembro de 2020
Escritores se reúnem para falar de suas obras e dos desafios do mundo literário no Brasil

No dia 01/12, a literatura ganhou destaque novamente no CIEE. Foi realizada a segunda edição do Happy Hour com Autores, uma iniciativa que visa dar espaço para o lançamento de obras literárias e incentivar a leitura entre os jovens. 

O evento contou com a participação dos escritores Edna Rivera, Fernando Scheller  e Maria José Silveira, que falaram um pouco sobre suas obras e também sobre o cenário editorial e literário brasileiro. A mediação foi da escritora Helena Trevisan e a abertura foi realizada pelo CEO do CIEE, Humberto Casagrande.

“A criação da página Espaço dos Autores, no Portal CIEE, foi um movimento para que os jovens tenham contato com obras e autores de qualidade, tendo incentivo de ler e escrever com mais frequência”, comentou Casagrande em sua fala de abertura. 

Falando sobre seu livro “Manuela e seu cachorro, o mais amado do mundo”, a escritora Edna Rivera abordou as  barreiras que normalmente aparecem no caminho de quem quer publicar uma obra. “Há uma ansiedade para que o seu texto atenda completamente às suas expectativas, o que pode fazer o autor postergar demais sua publicação. É como se o livro fosse lançado sem estar pronto. Mas, no final é apenas uma barreira que precisa ser superada”, explicou.

“A experiência como jornalista ajudou a fazer textos de não ficção durante minha carreira. Essa influência permaneceu na minha primeira obra ficcional, onde a ponte entre jornalismo e literatura funciona como uma brincadeira”, comentou Fernando Scheller, sobre sua obra “O amor segundo Buenos Aires”

Em sua fala, Maria José Silveira falou sobre o motivo pelo qual decidiu escrever o livro “A mãe, da mãe, de sua mãe e suas filhas”, um obra que visa contar parte da história do Brasil através das mulheres. “Passamos anos estudando o Brasil e passamos muito pouco por personagens femininos. É como se a história de nosso País não tivesse mulheres. Fiz um trabalho grande de pesquisa para construir essa narrativa, para provar justamente o contrário”, contou.

Você pode conferir o evento na íntegra abaixo!

Happy Hour com Autores - 2ª Edição