Inicio do conteúdo site.
Para William Ferraz, inteligência emocional é tão importante quanto domínio técnico
Para William Ferraz, inteligência emocional é tão importante quanto domínio técnico / Deuner Acardi/ Divulgação CIEE

Especialista fala sobre importância de líderes no 3º setor

4 de junho de 2019
Teatro CIEE recebeu palestra de William Ferraz, diretor do Instituto Ideah

O Teatro CIEE recebeu uma palestra de William Ferraz sobre inteligência emocional e liderança no terceiro setor. Durante o evento, o diretor do Instituto Ideah abordou tópicos como motivação, programação neurolinguística e o papel dos líderes nos resultados de instituições filantrópicas.

“A motivação das pessoas que trabalham no terceiro setor pode ser diferentes. Nem sempre envolve um ganho financeiro. Por isso, o líder assume papel mais importante, identificando e utilizando essas motivações para que todos consigam alcançar seus resultados”, explica William Ferraz.

Entre exemplos de vida e alguns exercícios práticos, William mostrou como dominar alguns conceitos de programação neurolinguística, assim como a busca pode desenvolver a inteligência emocional são de extrema importância para a liderança.

Foco no positivo

“Alguns líderes focam seus esforços em mostrar para as pessoas de sua equipe o que não deve ser feito. Para o cérebro, esse tipo de estímulo é pouco eficaz e muitas vezes acaba tendo o resultado oposto. É como falar para alguém não imaginar um cachorro. A primeira coisa que a vem a mente é um cachorro”, comenta. Por isso, é interessante fazer com que todos foquem no objetivo e na motivação, e não no possível erro.

Usando a Inteligência emocional

“Saber usar a inteligência emocional é muito importante. Se o conhecimento técnico e teórico são importantes para conquistar uma vaga, saber lidar com suas emoções e com as pessoas que o cercam fará você se destacar em um emprego”, explica William Ferraz.

Quer saber mais sobre liderança? Confira quatro Ted Talks que podem transformar sua vida profissional

https://portal.ciee.org.br/estudantes/cinco-ted-talks-brasileiros-que-vao-transformar-sua-vida-profissional/