Dia Internacional da Mulher é tema de atividades nos Espaços de Cidadania

15 de março de 2019
Ações incluíram mural temático e rodas de conversa em Manaus, São Paulo, Araras e Distrito Federal

Com o propósito de estimular o debate sobre questões envolvendo identidade de gênero, direitos e liberdade, os conviventes dos Espaços de Cidadania do CIEE participaram de várias atividades para lembrar o Dia Internacional da Mulher (8 de março).

Em Manaus (AM), os jovens organizaram um mural temático. Em Araras (SP), a roda de conversa abordou conceitos sobre preconceito e sociedade patriarcal. Para representar a igualdade de gênero, os jovens propuseram que os meninos usassem batom e as meninas pintassem bigode.

Já no Espaço do Grajaú, na região Sul da cidade de São Paulo, um dos temas foi feminicídio. A orientadora Luciana de Sousa se caracterizou como mulher agredida para o bate-papo, e também foram utilizadas músicas e ditados com conteúdos violentos. No Distrito Federal, em Taguatinga, as colaboradoras receberam uma homenagem dos colegas de equipe, e o dia de luta pelos direitos das mulheres também foi tema de diálogos entre os conviventes.

“Nossas atividades são pautadas por inspirar nos jovens uma reflexão sobre em  que tipo de sociedade querem viver no futuro. Acreditamos que este é o melhor caminho para se tornarem adultos responsáveis e conscientes do seu papel na sociedade”, explicou a gerente de Projetos Sociais do CIEE, Luana Bottini.