CIEE recebe empresas parceiras para evento Inclusão na Prática

11 de outubro de 2018
Instituições compartilharam cases de sucesso e realizaram um debate sobre os desafios da inclusão no mundo do trabalho

 

 

São Paulo,  9 de outubro de 2018. – O Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE recebeu  representantes das empresas Mapfre, J.P. Morgan, PwC e Salesforce para o evento Inclusão na Prática.

Vinícius Santos, superintendente de RH do CIEE, fez as considerações iniciais ressaltando o processo de mudanças pelo qual a organização passa e em como o diálogo é fundamental. “Os cinco pilares de inclusão do CIEE são: PcD, inclusão geracional, por etnias, gênero e lideranças femininas”, destacou.

Na sequência, Kaleb Machado, Coordenador de Cultura e Diversidade da Mapfre, apresentou o amplo programa de inclusão da seguradora, que conta com ações em frentes como inclusão de pessoas LGBTQI, PcDs,mentoria reversa e promoção do protagonismo feminino.

Machado contou ainda sobre a necessidade de reformulação de algumas datas, como é o caso do Dia da Família, que passou a ser comemorado de forma extensiva à diferentes configurações na organização, que conta com mais de 5 mil colaboradores no País. “Está na nossa missão e nos nossos valores gostar das pessoas e protegê-las”, disse.

Painel com o símbolo do Inclui CIEE na entrada do Foyer onde acontece o evento Inclusão na Prática.

A necessidade de acolher e criar oportunidades para a juventude negra no Brasil foi o ponto de partida para a fala de Frederico Tinôco, Superintendente Executivo de Treasury Sales do banco J.P. Morgan do Brasil. “Estabelecemos uma parceria local com a faculdade Zumbi dos Palmares para capacitar jovens negros e promover a empregabilidade”, conta.

Além de promoveram um programa de estágio de dois anos para este público, Frederico afirma que a parceria com outras empresas e instituições também é fundamental. “Se não podemos fazer negócios respeitando as diferenças então preferimos não fazer.”

Laura Arutin, Senior Associate da PwC, segura microfone enquanto explica para uma plateia.

Laura Arutin, Senior Associate da PwC, compartilhou com o público presente seu relato pessoal de se perceber, no início da vida profissional, em ambientes muito pouco inclusivos. “Eu costumo dizer que a acessibilidade é um caminho sem volta”, brincou. “Quando você percebe a riqueza e o crescimento que a inclusão promove para todos, é impossível não defender essas práticas”.

Responsável pelo programa de inclusão da empresa, Laura destaca os esforços junto ao RH para promover principalmente contratações de pessoas com deficiência. “Existe esse mito de que não existem PCDs capacitados para áreas específicas, mas nossos números mostram o contrário”, esclareceu.

Para fechar a manhã de troca de experiências, Johnny Silva, Analista de RH sênior da Salesforce, traçou um panorama de boas práticas que o grupo internacional difunde em diferentes países em relação à inclusão. “Sabemos que o Brasil é um país com enorme diversidade social, mas também apresenta uma grande resistência quando se trata de incluir”, afirma.

Ele apresentou uma visão pluralista dentro das políticas sociais da empresa. “Nosso propósito é avançar na era da igualdade”, completa.

Inclui CIEE

Além de estabelecer uma relação entre empresas e estudantes tanto no estágio quanto na aprendizagem, o CIEE desenvolve o Programa Inclui CIEE, destinado à inserção socioprofissional ao encaminhar candidatos com deficiência para vagas em empresas parceiras.

O projeto conta com sede física em São Paulo, onde é oferecido atendimento à pessoa com deficiência com profissionais capacitados para atender especificamente esse público. Conheça mais sobre a iniciativa em : https://portal.ciee.org.br/institucional/inclui-ciee/.

Tags

Inclusão