Inicio do conteúdo site.
Vencedoras do concurso de monografia posam para foto com monografia em mãos

CIEE e IASP realizam premiação do 6° Concurso de Monografias Jurídicas

4 de dezembro de 2019
Cerimônia foi realizada no Teatro CIEE e contou com a presença de Mário Sérgio Duarte Garcia, ex-presidente da OAB

Na última sexta-feira, 29/11, o Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE e o Instituto dos Advogados de São Paulo, IASP, promoveram a cerimônia de premiação do Concurso de Monografias Jurídicas Esther de Figueiredo Ferraz 2019. A edição deste ano foi realizada no Teatro CIEE, localizado no Itaim Bibi, em São Paulo.

O concurso anual conta com duas categorias: profissional e estudante de direito. O desafio consiste em escrever uma monografia com tema proposto no regulamento e o deste ano era justamente “Nova Tecnologias e o Papel da Advocacia”. Uma vez encaminhado, o trabalho é avaliado por um júri e a premiação consiste na publicação da monografia e uma quantia em dinheiro.

A advogada Adriana Carolina Leão ganhou pela segunda vez o prêmio e contou que usou uma experiência pessoal para desenvolver a sua pesquisa. “Os advogados mais do que nunca precisam investir em tecnologia. Medidas simples, como antivírus, permite a proteção de dados e informações de seus clientes”, conta.

A estudante de pós-graduação, Jussara Maria dos Santos, acredita que a pesquisa é fundamental, assim como embutir seus conhecimentos pessoais. “Acredito que o diferencial de uma monografia vencedora é colocar no texto suas experiências pessoais”, afirma.

A advogada e a estudante receberam o prêmio das mãos de Antônio Palma, presidente do Conselho de Administração do CIEE e presidente do Conselho Diretor do CIEE Nacional e do Professor Doutor Renato de Mello Jorge Silveira, presidente do IASP.

“O prêmio faz uma homenagem a Dra. Esther de Figueiredo Ferraz e hoje vemos duas mulheres vencedoras. Isso mostra que elas estão cada vez mais presentes no cenário jurídico”, conta Palma.

145 anos do IASP

A premiação encerrou o evento “IASP Rumo aos seus 150 Anos – Inovações e Atualidades”, que contou com painéis ao longo do dia. Entre os temas em pauta, estavam: Resposta Penal no Estado Democrático de Direito e Lei 13.874/2019 – Liberdade Econômica no Direito Civil e no Processo Civil entre outros. Além disso, foram entregues diplomas aos novos associados do instituto e realizada a Outorga da Medalha Barão de Ramalho ao Doutor Mário Sérgio Duarte Garcia.