Inicio do conteúdo site.
Cinco pessoas segurando balões de quadrinhos, em cada um está escrito Respeito, Igualdade, Cidadania, Trabalho e Protagonismo

Oficinas de Cri@tividades são abordadas durante encontro em São Paulo

3 de fevereiro de 2020
Evento reuniu profissionais que atuam em diferentes serviços da Assistência Social no município

Com o objetivo de apresentar a proposta das Oficinas de Cri@tividades e viabilizar parcerias para o ano de 2020, a equipe do CIEE participou recentemente de um encontro com  representantes entre coordenadores de Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e de Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) na região da Freguesia do Ó, Zona Norte de São Paulo.

Também estiveram presentes gestores de serviços que atuam no atendimento a adolescentes em situação de vulnerabilidade social e pessoal, como o Serviço de Acolhimento Institucional (SAICA), Centros para Crianças e Adolescentes (CCA), Centros para Juventude (CJ) e Serviços de Medida Socioeducativa em Meio Aberto.

“É importante participar de um encontro que reúne pessoas engajadas com a questão social e mobilizadas na busca por assegurar direitos à população. Esperamos que deste encontro nasçam muitas parcerias e que as Oficinas cheguem até os jovens do território da Freguesia e Brasilândia, região que no início da década chegou a liderar a taxa de homicídios de jovens em São Paulo”, disse Carolina Monteiro, analista técnica de projetos sociais do CIEE.

A partir desta reunião, já foram agendadas oficinas com cinco grupos que  iniciarão as atividades em fevereiro e março.

O que são as Oficinas de Cri@tividades?

As Oficinas de Cri@tividades são inspiradas no Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho – Acessuas Trabalho, e têm como objetivo propiciar debates, ressignificações e novos conhecimentos relacionados ao mundo do trabalho aos adolescentes e jovens de 14 a 24 anos atendidos pela rede socioassistencial.

São dez encontros dentro das temáticas identidade, conceito de trabalho, etapas do processo seletivo, postura profissional, habilidades interpessoais e planejamento. Na conclusão das Oficinas, os participantes recebem certificação pelas horas assistidas e podem, se assim quiserem, ser encaminhados para oportunidades na aprendizagem e estágio.

Para promover as oficinas, profissionais do CIEE se deslocam até os parceiros da rede socioassistencial.