Parceria do CIEE com a Escola Fazendária amplia o número de aprendizes atendidos

17 de setembro de 2018
Aprendizes participam de atividade no Teatro Olavo Setúbal, no Edifício Integração / Divulgação/CIEE
Participantes aproveitam para saber um pouco mais sobre mecanismos de controle social, como audiências públicas, plebiscitos e referendos.

Educação fiscal, controle social e transparência foram temas de uma palestra do projeto Escola Fazendária, realizado por meio de uma parceria entre o CIEE e a Secretaria Estadual de Fazenda de São Paulo.

Aproximadamente 60 aprendizes participaram do evento, realizado na manhã do dia 29 de agosto no auditório Olavo Setúbal, no edifício Integração, na capital paulista.

No encontro, os participantes aproveitaram para saber um pouco mais sobre mecanismos de controle social, como audiências públicas, plebiscitos e referendos. A conversa também passou por tópicos como corrupção e licitações.

“O objetivo é despertar a curiosidade dos jovens aprendizes para um assunto tão importante, e fazer com que eles exerçam sua cidadania ao entender sobre: organização do Estado, tributações, gastos públicos e controle social”, explicou a analista técnica pedagógica, Lilian Catarina.

Em 2017, a parceria atendeu 9.568 aprendizes da capital, região metropolitana e interior.

“Diante dos resultados, que foram muito satisfatórios tanto em atendimento quanto em qualidade do conteúdo e forma de apresentação, ajustamos os pontos de melhoria e definimos os moldes para  o cronograma de palestras para 2018, cuja expectativa de atendimento é de 21.680 aprendizes de diversas regiões do estado de São Paulo”, informou Sandra Boaro, supervisora da Capacitação de Aprendizes SP.