Inicio do conteúdo site.
De que forma empresas podem se conectar com instituições de ensino?
Imagem ilustrativa / Divulgação

De que forma as empresas podem se conectar com instituições de ensino?

17 de abril de 2020
Aderimos ao #Nem1PraTrás e temos algumas dicas importantes para a valorização da Educação

Há 20 anos, o dia 28 de abril foi escolhido como o #DiaDaEducação. Criada durante o Fórum Mundial da Educação, a data simboliza o compromisso de países como o Brasil com o desenvolvimento de políticas públicas que resultem em avanços nesta área. 

Como forma de seguir lutando pela qualidade da Educação no nosso País, estamos juntos na campanha #Nem1PraTrás com a Fundação Roberto Marinho, que é nossa parceira no programa Aprendiz Legal. Neste processo de crescimento e constante evolução, entendemos que diálogo é parte fundamental. Empresas, vocês sabiam que a relação de vocês com as instituições de ensino pode gerar bons frutos?

Respaldo científico para criar

Universidades, escolas técnicas e institutos de educação são espaços dedicados à inovação constante. Quando empresas se aproximam do ambiente acadêmico, soluções pensadas para questões do nosso cotidiano ganham respaldo científico e podem embasar pesquisas e estudos detalhados que levem a criação de patentes. Muito comuns principalmente nas indústrias químicas ou farmacêuticas, patentes são títulos de propriedade concedidos pelo governo a pessoas físicas ou jurídicas responsáveis por uma ideia.

Descobrir novos talentos

Por serem locais que priorizam o pensamento crítico e a capacidade de desenvolver novas alternativas para problemas de qualquer dimensão, por meio de criação de hipóteses e testes, as instituições de ensino estão repletas de pessoas com diferentes visões de mundo, que podem colaborar e muito para o crescimento do seu negócio.

Employee branding

Empresas que buscam maior contato com universidades, faculdades e escolas técnicas, também tendem a desenvolver algo valioso no ponto de vista reputacional. Ao estreitar relações com o universo acadêmico, as organizações sinalizam que estão buscando soluções para o futuro, aprofundando o senso de coletividade.

Estes são apenas alguns exemplos de como as empresas podem aproveitar todo o conhecimento disponível nas instituições de ensino para criar novas soluções. Acompanhe também a Fundação Roberto Marinho nas redes sociais para saber mais sobre a campanha #Nem1PraTrás e outras iniciativas que valorizam a Educação de nosso País.