Inicio do conteúdo site.
Gustavo Pierini falou sobre o futuro do trabalho no Teatro CIEE
Gustavo Pierini falou sobre o futuro do trabalho no Teatro CIEE / Divulgação CIEE

Teatro CIEE recebe palestra sobre futuro do trabalho

8 de agosto de 2019
Gustavo Pierini, fundador da Gradus Consultoria de Gestão, mostrou como o desenvolvimento da robótica irá afetar algumas profissões nos próximos anos

O Teatro CIEE recebeu, no dia 06 de agosto, o especialista em mercado do trabalho Gustavo Pierini, em uma palestra sobre como os avanços tecnológicos, como a utilização de robôs, afetará o mundo do trabalho no futuro. 

“É importante que o jovem reflita sobre sua profissão. Muitas carreiras irão se transformar devido à robótica. Algumas ganharão destaque, outras podem deixar de existir”, explicou Gustavo Pierini, que é fundador da Gradus Consultoria de Gestão e já esteve à frente de empresas como McKinsey e JP Investimentos.

De acordo com Pierini, não é a primeira vez que a tecnologia transforma drasticamente o mundo do trabalho. “No começo do século 20, por exemplo, muitas pessoas se revoltaram com o uso de máquinas automáticas a vapor nas fábricas. Vemos algo semelhante atualmente, com a diferença que o processo de evolução da tecnologia está ainda mais acelerado”, explica.

Trabalho no futuro

Mas afinal, como será o profissional do futuro? Segundo Gustavo, tanto o mercado de trabalho quanto os próprios profissionais sofrerão transformações cada vez mais rápidas. 

“O que é difícil para os homens é fácil para as máquinas, enquanto o que é fácil para os homens é difícil para os robôs”, comenta.

Profissões que envolvam competências técnicas complexas sofrerão fortes transformações, enquanto aquelas que envolvem educação e assistência social, e outros tipos de interface de comunicação, tendem a crescer. “Isso é um processo que já está acontecendo em vários lugares do mundo”, completa.  

Outra mudança envolverá o próprio perfil dos profissionais, que terão que desenvolver as chamadas soft skills para se destacar. “Provavelmente os profissionais que focarem em talentos como liderança, trabalho em equipe e habilidade de negociação estarão em uma posição privilegiada e serão mais bem remunerados”, diz.

Mulheres e o mercado de trabalho

As mudanças também transformarão a maneira como as mulheres ocupam o mundo do trabalho. “Hoje, os homens são a maioria da força de trabalho nas áreas de manufatura, serviços financeiros e reparo veicular, por exemplo. Essas áreas provavelmente sofrerão uma diminuição na participação na economia. Já áreas como educação, saúde e atendimento social, onde as mulheres são maioria, tendem a crescer. Por isso, acredito que a população feminina será maioria na força produtiva”, explica.

Quer conferir o conteúdo na íntegra? Acesse e veja a palestra completa de Gustavo Pierini

https://www.youtube.com/watch?v=2YU60QxVpEw&feature=youtu.be