Gestores avaliam programas de aprendizagem

18 de abril de 2019
João Paulo Cândido de Lima. coordenador de almoxarifado da Riachuelo. / TV CIEE
Representantes da Aço Cearense, Riachuelo e Diamantes Lingerie, fábricas de Fortaleza/CE, dão sua opinião.

Equipe de reportagem da TVCIEE  sai às ruas para ouvir como gestores de recursos humanos e responsáveis pelo acompanhamento dos aprendizes  avaliam o programa oferecido pelo CIEE em parceria com a Fundação Roberto Marinho. Representantes da Aço Cearense, Riachuelo e Diamantes Lingerie, fábricas de Fortaleza/CE, dão sua opinião.

Plano de carreira

Para João Paulo Cândido de Lima. coordenador de almoxarifado da Riachuelo, a experiência de aprendizagem desperta a vocação dos jovens. “Muitos seguem a profissão, decidindo pelo curso de logística na faculdade e MBA, baseado no que eles vivenciam aqui”, diz.

Liderança em aprendizagem

O programa do CIEE é referência nacional. Dentre todos os jovens registrados como aprendizes no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), praticamente um quarto foi feito por intermédio do CIEE no ano passado. Além de concentrar um banco de talentos com o perfil exigido pela lei (nº 10.097/2000), a instituição oferece os cursos teóricos que complementam as vivências práticas ministrados em núcleos próprios.

Cursos disponíveis

Além dos cursos de Auxiliar de produção industrial e Logística mencionados na reportagem, o Aprendiz Legal também oferece os seguintes programas:

  • Ocupações administrativas
  • Comércio e varejo
  • Operador de computador
  • Telesserviços
  • Auxiliar de alimentação: preparo e serviços
  • Arco administrativo
  • Arco bancário jovem
  • Arco bancário adolescente